quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Albergues II - Mendoza In

Disparado o pior albergue. Um desastre. O Hosteling Mendoza ou Mendoza In (Calle España, 343) tinha tudo para ser um lugar e tanto. Pertence a rede HI, conceituada e com hostels em todo o mundo. O prédio de dois andares, com uma pintura muito louca e jovem na fachada é só enganação. A galera do balcão é muito atrapalhada, os quartos para cinco ou seis pessoas são pequenos e os colchões finos. Cada quarto tem seu banheiro, o que, dependendo dos colegas de quarto, pode ser bom ou não. Pagamos $ 32,00, porém o preço certo é $ 38,00 por cabeça e por noite, cerca de R$ 27,14.

Os computadores são velhos e a conexão é uma tartaruga. As duas cozinhas disponíveis são sujas, um pavor. A fotinho abaixo não deixa mentir. As geladeiras desorganizadas e o pessoal que gerencia a bagunça não tá nem aí. Na nossa estadia, uma geladeira estragou, os caras colocaram outra estragada e deixaram tudo dentro. O cheiro era insuportável. O café da manhã é razoável. Tem pão, media-luna, suco, leite, café, sucrilhos, geléia e mumu liberados.

O bacana do albergue é o Carajo Bar, um barzinho dentro do hostel que faz festas com outros albergues. As festinhas são quentes. A localização também é ruim. Não fica nem perto da rodoviária (sete ou oito quadras) e nem perto do centro (cinco quadras). O hostel tem lavanderia, mas não arrisquei colocar minhas coisas lá. Os lockers são nos quartos e você precisa ter seu próprio cadeado. No locker da Mogui tava cheio de formigas. O check-in rola às 10 horas, mesmo horário do check-out. Se você vazar após esse prazo, pode realizar o check-out e deixar as malas no depósito do albergue. Do mesmo, se você for a Mendoza, não fique neste lugar. Procure outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário