quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Cadeados


Foram de grande valia. Em alguns albergues havia locker, a armário gigante das malas, porém sem chave e cadeado. Os dois que levamos nos salvaram nestas situações. Em Santiago, o hostel tinha chave no locker. Em Mendoza e Buenos Aires não. Daí os cadeados que usávamos na malas acabaram fechando os armários. Os cadeados também deixam o cara tranqüilo nas viagens, pois você os bate e as malas não serão abertas. Se forem, você percebe logo e aciona as autoridades responsáveis. O mesmo vale em qualquer guarda-volumes ou depósito de bagagem. Outra coisa, o cadeado no exterior era mais caro. No Brasil pagamos R$ 3,00 por cada um. Só pelo amor de Deus, não percam as chaves ou levem as reservas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário