quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Está explicado

Tudo é caro em Mendoza porque a cidade produz muita grana. É o principal ponto petrolífero do país, produz 70% do vinho argentino e ainda lucra muito com o turismo. A província tem grana, apesar das cidades parecerem extramamente interioranas e serem mal iluminadas. O que vale a pena mesmo aqui sao os passeios fora da cidade, com imagens de tirar o fôlego. O problema é o custo. Fazendo parapente, rafting, mountain bike, escalada, bodegas, montanha e algo mais, brincando torra-se de $ 500,00 a $ 1.000,00. Por aqui as coisas sao caras.

2 comentários:

  1. Alexandra (Sta Cruz)8 de janeiro de 2009 10:56

    Venho acompanhando as aventuras de vocês dois e estou adorando! Parabéns pelo Blog! ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado! ando com dificuldade para postar fotos. as conexoes sao muito ruins. assim q der coloco as imagens.
    obrigado!!!

    ResponderExcluir