domingo, 11 de janeiro de 2009

Puerto Madero e a gula



Depois de San Telmo, andando mesmo, fomos a Puerto Madero. Deu umas cinco quadras, pertinho. Caminhamos por um parque, depois proximo aos diques, quando Moguinha teve a brilhante ideia - "vamos comer churrasco!" A ideia soou perfeita. Ha dias somente com pao e massa, uma carninha caia bem. Resolvemos investir e matar um belo assado argentino. Rodamos ate encontrar um lugar legal. Rodamos a regiao que mais parece uma praia, soh que com agua doce, vimos as marinas, e tal, e demorou para encontramos o oasis da carne.

Na real, foi um luxo que resolvemos ter. No Spetus pagamos $ 70,00 para matar queijos, salames, sushi, camarao gigante, saladas, outras iguarias e, claro, churrasco. Lomo - file -, vazio, chorizo, quadril, cordeiro, minha nossa senhora! Comemos de tudo, com um garcon babando ovo na volta, servindo a Coca quando o copo esvaziava. Demais! Nosso estomago estava merecendo. No final, a pedrada saiu $ 186,00, com os 10% do garcon deu $ 204,00, algo na casa dos R$ 150,00, a refeicao mais cara da minha vida. Tudo bem, cedemos a tentacao e ao capricho da gula. Bateu um arrependimento na hora de pagar a conta, mas, garanto, valeu a pena.

Um comentário: